top of page
Santa Rita de Ibiti - Praça_do_Lobo_-_Agua_Santa.jpg

SANTA RITA DE IBITIPOCA

A vertente norte da Serra de Ibitipoca

Santa Rita de Ibitipoca é um município da Zona da Mata mineira, cujo gentílico é santarritense. Está a 241 km de distância da capital mineira – Belo Horizonte. O nome primitivo é uma junção do orago religioso católico “Santa Rita” com a expressão toponímica de origem indígena "Ibitipoca", termo de origem tupi que “pode ser interpretado em três versões: ‘serra que estoura’, ‘casa na serra’, ‘serra fendida’.

As terras que viriam a constituir o patrimônio da Capela de Santa Rita, referida como Pinhal de Santa Rita à época, foram doadas pelos irmãos Manuel Gomes da Silva e João Gomes da Silva, em 1750. A Capela foi construída pelos fazendeiros e recebeu o nome de Capela de Santa Rita, em honra à santa. O nome “Santa Rita” é devido à imagem da santa que veio junto aos imigrantes italianos e fixaram residência no local, trazendo assim a devoção à santa das causas impossíveis.

Na primeira metade do séc. XVIII, com a abertura do Caminho Novo e toda a movimentação que exigia este feito, para ligar a província de Minas Gerais ao Rio de Janeiro, toda a região passou a ser mais frequentada. O Distrito ganhou sua autonomia no contexto histórico do Estado de Minas Gerais pelo Decreto Lei n° 2764 de 30 de dezembro de 1962, sendo elevado à categoria de município. Hoje, a cidade é composta por três distritos: Paraíso Garcia, Bom Jesus do Vermelho e, recentemente, Moreiras.

Santa Rita de Ibitipoca é um dos municípios que compõem o Circuito Serras de Ibitipoca, com uma natureza estonteante e um povo acolhedor. Sua formação histórico-religiosa a permitiu também fazer parte da maior rota turística do país, a Estrada Real, na categoria Caminho Novo. A inspiração deste trajeto foi justamente a oficialização pela Coroa Portuguesa, em meados do século XVII, da rota do ouro, que saia de Minas Gerais até os portos do Rio de Janeiro.

A cidade resguarda, juntamente com Conceição de Ibitipoca, o Parque Estadual do Ibitipoca, que possui diversos atrativos naturais e ecológicos, como estrondosas cachoeiras. Outro famoso atrativo turístico e ecológico da cidade é a Serra da Água Santa, passa por uma imensa caverna, e, diz a lenda, possui águas milagrosas. 

Entre suas belas construções históricas estão a Escola Estadual Zequinha de Paula e a Igreja Matriz de Santa Rita, que fica na Praça Principal e foi edificada em meados de 1744, imóvel mais antigo do município, onde festeja com muito louvor a sua padroeira – Santa Rita de Cássia.

Informações

Santa Rita de Ibitipoca

ANIVERSÁRIO DA CIDADE: 30 DE DEZEMBRO

POPULAÇÃO: 3.583 hab

ALTITUDE: M

ÁREA: 324,070 km²

TELEFONIA: CLARO E VIVO

BANCOS:

PREFEITURA: (32)3342-1221

POLÍCIA MILITAR: 190

PRONTO ATENDIMENTO: (32) 3342-1224

PADROEIRA: SANTA RITA DE CÁSSIA

DISTÂNCIA ATÉ A CAPITAL: 241 KM

Onde ficar?

Hotel e Restaurante Dona Elazer
R. Joaquim Ribeiro de Paula, 89, Sta. Rita de Ibitipoca

Tel.: (32) 3342.1242

 

Hotel da Dona Elza
R. João Paulo II, 102, Centro, Sta. Rita de Ibitipoca
Tel.: (32) 3342.1285

Sítio Quenta Sol

Zona Rural - Santa Rita de Ibitipoca

Aluguel para finais de semana

Tel.: (32)999592913 (32)9998375948 (32)999156479

Onde comer?

Hotel e Restaurante Dona Elazer
R. Joaquim Ribeiro de Paula, 89, Sta. Rita de Ibitipoca

Tel.: (32) 3342.1242 . Na rota Volta das Transições.

Restaurante Rancho das Pedras

Povoado dos Moreiras 

Restaurante  Casa da Dona Lucia

Povoado dos Moreiras

Guia e Condutores

OBS.: Se o seu empreendimento não está nesta lista, entre em contato com nossa equipe técnica ou procure a Secretaria de Turismo de sua cidade.

bottom of page