top of page

Desenvolvimento, Cachoeiras, Serras e Vilas

    A Associação dos Municípios do Circuito Turístico Serras de Ibitipoca faz parte da atual Política Nacional de Turismo, implementada e orientada pelo Ministério do Turismo (MTur) e Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais (SECULT). Foi criada no ano 2000 e certificada em 2006, compreende a região da Serra da Mantiqueira onde encontra-se o Parque Estadual do Ibitipoca, Parque Estadual Serra Negra da Mantiqueira, APA Boqueirão da Mira, Planalto do Alto  Rio Grande, Vale do Rio Preto e Vale do Rio do Peixe.

    O Circuito hoje abrange os municípios de Bias Fortes, Bom Jardim de Minas, Ibertioga, Lima Duarte, Olaria, Pedro Teixeira, Rio Preto, Santa Bárbara do Monte Verde, Santa Rita de Ibitipoca, Santa Rita de Jacutinga e Santana do Garambéu.  

    Como Instância de Governança Regional do Turismo - IGR, o objetivo é fomentar o turismo, auxiliar os municípios na gestão pública da atividade, fortalecer o tecido empresarial do setor, incentivar a criação e gestão de Unidades de Conservação da Natureza e facilitar a utilização do potencial ecoturístico, o turismo rural e o turismo histórico-cultural do território.

  Todos os municípios são repletos de atrativos, proporcionando aos visitantes uma oportunidade única para desfrutar de caminhadas, trekking, montanhismo, aventuras espeleológicas, rafting, rapel, cavalgadas e o contato com boa parte da história de Minas, traçada durante os ciclos do Ouro, do Leite e do Café, com sua arquitetura marcada por lindas sedes de fazendas, vilas e casarões nas pequenas cidades.

Arte, Gastronomia e Cultura Tradicional

      Todas as cidades do Circuito Serras de Ibitipoca oferecem excelentes opções de cachoeiras, serras, rica biodiversidade, vilas e povoados, com suas capelas, comida típica e toda a mineiridade da Mantiqueira.

    Os municípios de Lima Duarte, Santana do Garambéu, Santa Rita de Jacutinga, Olaria, Bom Jardim de Minas, Bias Fortes e Rio Preto, por exemplo, possuem várias disjunções da Serra da Mantiqueira que já contam com roteiros formatados prontos para receber os visitantes. O maior deles que percorre toda a região é a Volta das Transições.

    As Unidades de Conservação: Parque Estadual do Ibitipoca, Parque Estadual Serra Negra da Mantiqueira, APA Boqueirão da Mira e Parque Municipal do Taboão juntamente com as Serras do Cruz, da Boa Vista, da Cachoeira Alegre, das Areias, da Bandeira, da Mira e a Serra de Lima Duarte com o Pico do Pão de Angu, formam inúmeras cachoeiras, grutas, dunas e curiosas formações rochosas que dão um toque especial à paisagem e formam os grandes  cartões postais da região.

   Como toda boa região mineira, as localidades abrangidas pelo Circuito Serras de Ibitipoca oferecem autêntica culinária, artesãos talentosos e as culturais festas religiosas. A região conserva tradições típicas da vida no campo, como as Exposições Agropecuárias, com apresentações de grupos folclóricos, rodas de viola, shows sertanejos e corporações musicais, além das Festas do Carro de Boi, que espalham seu gemido inconfundível pelas ruas das cidades de Ibertioga e Santana do Garambéu.

Mapa IGR Serras de Ibitipoca
bottom of page