Capa roteiros.png

ROTEIROS

A riqueza natural e cultural das Serras de Ibitipoca guardam alguns encantos que você precisa incluir no seu roteiro de viagem.

Conheça alguns destaques!

Para uma melhor experiência, contrate um operador local.

 Volta das Transições

O Circuito Serras de Ibitipoca apresenta o 1º roteiro de cicloturismo da Zona da Mata de Minas Gerais, percorrendo serras, campos e florestas, pedalando em uma aventura pelos mais remotos e belos caminhos do interior.

Bora pedalar?

Transmantiqueira

A Transmantiqueira é uma Trilha de Longo Curso (TLC) que atravessa a serra da Mantiqueira no sentido oeste-leste, com um percurso que ultrapassa 1.100 km de extensão, cruzando mais de 40 municípios dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro e promovendo a integração de mais de 30 Unidades de Conservação. 

Alto Rio Grande

No planalto do Alto Rio Grande, onde os municípios de Santana do Garambéu, Arantina, Bom Jardim de Minas, Lima Duarte e Andrelândia se conectam através das águas de um dos mais importantes rios do país, o Rio Grande! As possibilidades de lazer e aventura são inúmeras! 
Os destaques são atividades aquáticas como canoagem e floating ao mountain bike, caminhadas, banhos de cachoeira, vôo livre e até passeios em veículos 4x4 e 4x2, pelas paisagens das Serras da Boa Vista, do Cruz e dos mares de morros do Planalto do Alto Rio Grande. Isso sem contar o charme dos pequenos povoados, como Souza do Rio Grande, com sua arquitetura tradicional.

Vale do Rio Preto

O Vale do Rio Preto respira história! A região foi berço da opulência do período do café, nela a Fazenda Santa Clara representa com muita imponência essa importante e reflexiva parte da história da região e do Brasil. Mas os atrativos não se resumem à imponente fazenda. A cidade de Rio Preto conta com um roteiro histórico em seu centro que ainda guarda importantes prédios da época e assim como Santa Rita de Jacutinga, que mesmo sendo a cidade das cachoeiras, tem também seu patrimônio histórico. Vale ressaltar que este roteiro é um mix de história e atrativos naturais, pois o visitante terá a possibilidade de visitar atrativos exclusivos em cada uma das cidades.

Paraíso Perdido e Serra do Governo

Cachoeiras de Arantina

       Ao redor de belas montanhas e às margens do Rio Turvo Pequeno, na Bacia do Alto Rio Grande, Arantina tem um roteiro de belas cachoeiras.  

      As mais famosas são a Cachoeira das Três Quedas (com suas águas cristalinas que deságuam no Rio Grande); Cachoeira do Tito Venço (no vale do Córrego Safira, com 9m de altura e um pequeno poço raso, que permite uma bela hidromassagem natural); Cachoeiras do Viaduto (com águas de cor avermelhada e piscinas naturais em sequência formando pequenos poços para banho) e o Poço do Caroço (queda de água de 3m e o entorno tomado pela mata Atlântica bem preservada).

Ciclorrotas de Santa Rita de Jacutinga

Uma região repleta de atrativos naturais, com paisagens emolduradas pela Serra da Mantiqueira. É nesse contexto que estão localizados dois belíssimos roteiros de cicloturismo: a Volta das Transições e o Ciclo Jacutinga.   

  A Volta das Transições tem início e encerramento em Santa Rita de Jacutinga, percorrendo 10 municípios e 25 povoados da Zona da Mata, Vertentes e Sul de Minas. São 7 etapas, percorrendo 390km, em sua maioria por estradinhas de terra, revelando as belezas da região das Serras de Ibitipoca. 

   Também tendo como ponto de partida o município, o Ciclo Jacutinga passa por Minas Gerais e Rio de Janeiro, duas regiões turísticas (Circuito Serras de Ibitipoca e Vale do Café) e sete municípios, com 15 percursos e mais de 678km de extensão.  

Funil – Serras e Cachoeiras

Roteiro Rural e ecológico
da Serra de Lima Duarte

Água Santa e Janela do Céu parte baixa